Prime Rib x Ancho

setembro 20, 2019Leia mais

PRIME RIB

Se a vontade é aumentar o nível do seu churrasco, você não caiu aqui de paraquedas. Está procurando pela carne certa.

Tradicional nos Estados Unidos, o prime rib é um corte que junta a costela do animal com o lombo. Entre a 6ª costela do animal até a 11ª temos o bife ancho, que é de onde tiramos o prime rib.

Esse corte é de alta qualidade, muito macio, possui alto grau de marmoreio e é considerado o pedaço mais premium da costela.

O prime rib possui osso, o que favorece o cozimento perfeito. Ele é preparado mais frequentemente na churrasqueira e, preferencialmente, deve ser servido ao ponto ou ponto menos, para melhor apreciar todas as suas qualidades.

Ainda não tem experiência suficiente para preparar o seu suculento prime rib? Nós selecionamos dicas imperdíveis para você prepará-lo de forma diferenciada.

  • Evite perfurar a carne com espeto. Utilizar grelha para preparar o prime rib é ideal para não perder a suculência que se espera do corte.
  • Confira se o fogo já está pronto para ser utilizado. Coloque as suas mãos em cima da grelha para testar a brasa. Se você aguentar mais de uns três segundos, significa que precisa potencializar o calor. Se preferir, use um termômetro que é vendido nas boutiques de carne.
  • Grelhe o seu prime rib dos dois lados, formando uma leve crosta para selar a carne. A hora de virar o corte é bem relativo, porque depende de diferentes fatores (brasa, temperatura do ambiente). Dê um toque na carne e observe se ela está colada na grelha. Se sim, provavelmente não está pronta para ser virada.
  • Após grelhar ambos os lados, deixe o prime rib em pé, com o osso para o braseiro, por alguns minutos. Esse truque vai garantir a selagem total da carne.
  • Coloque a carne em um local longe das chamas, por volta de 40 cm acima da brasa para terminar de assá-la. O jeito mais fácil de fazer isso é elevando um pouco a grelha. O corte precisa ir para um lugar ainda quente, mas não pode estar em contato direto com o fogo.
  • Tudo pronto? Falta pouco! A vontade de experimentar é sempre grande, mas deixe a carne descansar por cerca de 4 minutos depois de tirá-la da churrasqueira para que o líquido presente no corte se espalhe e volte para todas as fibras da carne, proporcionando mais suculência para todos os pontos.
  • Use uma faca bem afiada para fatiar o seu prime rib e corte contra as fibras. Agora é só arrumar qualquer motivo para fazer um churrasco, servir os seus convidados e surpreendê-los com corte de nível altíssimo.

BIFE ANCHO

O bife ancho é o um corte que chegou no Brasil para inovar o churrasco com carnes premium. Ele está entre a 6ª e 11ª costela e é escolhido quando a intenção é atingir o máximo de suculência, maciez e sabor. Conheça mais sobre a origem do corte, suas principais características e sugestões de acompanhamentos.

Origem

O nobríssimo bife ancho é um corte de origem argentina e significa “bife largo”, em português. O nome representa bem como o corte deve ser consumido: bifes com espessura de 4 cm ou no mínimo dois dedos.

O bife ancho é conhecido de formas diferentes, dependendo do país, por exemplo: no Brasil, conhecemos como filé de costela; já nos países de origem inglesa, como clube roll; e na região platense, bife ancho.

Características

A principal característica do corte é a gordura. Ele possui uma faixa de gordura interna que separa o miolo e a capa do ancho e reflete no sabor suculento. A carne é mais macia e tem um sabor bem característico. Esse corte é bem confundido com o bife de chorizo, porque ambos são retirados do contrafilé do boi. Entretanto, o chorizo é extraído da região traseira, e a parte dianteira fica para o ancho.

Pontos do bife ancho

O bife ancho consegue ser uma carne bem democrática. Ele pode ser feito em diferentes pontos, dependendo do gosto pessoal dos churrasqueiros. Entretanto, os pontos mais utilizados para esse corte, justamente para manter a suculência, são do “bleu” ou “ao ponto”.

Ponto bleu

  • Temperatura: menos de 47ºC;
  • Também conhecida como selada;
  • Praticamente crua por dentro;
  • Superfície “tostada”.

Malpassado

  • Temperatura: 47 a 52ºC;
  • Superfície bem grelhada;
  • Miolo mantém estrutura original com grande parte do suco.

Ponto menos

  • Temperatura: 53 a 57ºC;
  • Visual parecido com o da malpassada;
  • Possui bordas que aparentam aspecto mais cozido.

Ao ponto

  • Temperatura: 58 a 62 ºC
  • Carne mais firme;
  • Área vermelha opaca no centro do miolo;
  • Bordas mais tostadas comparadas ao ponto malpassada;
  • Ponto mais tradicional.

Ponto mais

  • Temperatura: 63 a 67 ºC;
  • Quase todas as proteínas já foram desnaturadas;
  • O miolo possui tom rosado opaco;
  • Perde maciez.

Bem passado

  • Temperatura: + 68ºC;
  • A estrutura da carne fica completamente alterada;
  • Não contém sucos no interior;
  • Superfície mais torrada;
  • Coloração marrom.

Sugestões de acompanhamentos

O corte é potente. Por isso, as sugestões mais pertinentes são aquelas consideradas relativamente mais leves, como batata rústica, farofa de ovos, salada verde e arroz biro-biro.

Diferenças entre o bife de Ancho e o bife de Chorizo

setembro 14, 2019Leia mais

Entre os consumidores fanáticos de carne, há uma dúvida que sempre vem à tona: qual a diferença entre o chorizo e o ancho, já que o sabor pode ser tão semelhante? A resposta é simples e vamos resumir por aqui.

Os dois cortes são divisões da mesma peça de carne, o contra-filé, que é, por sua vez, o lombo do boi, uma carne muito saborosa. Mas, ainda assim, quais são as principais diferenças e as peculiaridades exatas de cada corte?

Ancho

Como o chef Adriano Rondinelli explica, a principal característica do ancho é a sua inconfundível canaleta de gordura, cuja extensão sobre a carne faz uma divisão em duas partes marcantes e permite facilmente reconhecer o corte. A parte superior, conhecida como “sobrancelha” é extremamente macia e saborosa. A peça de ancho fica na parte superior da costela do boi, normalmente entre a 6ª e 10ª costela.

Chorizo

O chorizo, por sua vez, também encontrado na peça que se chama contra-filé, localiza-se mais ao centro dessa peça, no meio. A gordura, por outro lado, é mais bem definida, fixada na parte superior, formando uma pequena extensão homogênea. Outra característica marcante do chorizo é o marmoreio, que pode ser bem parecido com o ancho, mas é importante reparar que não há, nesse corte, aquela gordura centralizada, dividindo a peça.

Os dois cortes são muito saborosos e, cada dia mais, cai no gosto do brasileiro. Para conseguir diferenciar, é preciso experimentar e se apaixonar pela carne. No Tennessee Steak House, os dois cortes de carne são 100% angus (saiba a diferença entre angus e nelore), por isso, fica o convite para você conhecer a casa e apreciar um corte refinado e original.

Horário de funcionamento:
Segunda a sexta 18h à 0h à la carte + hambúrgueres e porções
Sábado e Domingo: 12h às 15h almoço & rodízio | 18h30 à 0h à la carte + hambúrgueres e porções.

Entenda a diferença entre a Carne Angus e a Carne Nelore

setembro 10, 2019Leia mais

CONHEÇA AS RAÇAS ANGUS E NELORE

Que brasileiro é louco por carne não é novidade. Uma vez por dia, pelo menos, o produto chega às mesas do país em diversos cortes e preparações.

E o Tennessee Steakhouse, como especialista em bons momentos, oferece aos seus clientes o melhor que existe nesse ramo, somos um restaurante que utiliza carne 100% angus.

Mas você sabe quais são os atributos desta carne e as diferenças entre ela e a Nelore?

Continuar Lendo Entenda a diferença entre a Carne Angus e a Carne Nelore

Tennessee realiza Lançamento de Burgers Angus

julho 29, 2019Leia mais

Conhecido por uma cozinha à la carte de carnes nobres, o Tennessee Steakhouse incluiu mais quatro Burgers 100% Angus no cardápio. O evento contou com a presença de profissionais da imprensa, além de influenciadores digitais e clientes que puderam saborear as criações em primeiras mãos. Continuar Lendo Tennessee realiza Lançamento de Burgers Angus

×